A inflamação persistente da pele e a ocorrência de lesões abertas tornam as pessoas afetadas por sarna muito vulneráveis a infecções bacterianas ou fúngicas

Na ausência de um tratamento médico adequado, a sarna pode levar a graves distúrbios da pele, como o impetigo.

Embora a sarna possa ser adquirida por qualquer pessoa, a condição é muito comum entre pacientes hospitalizados, especialmente aqueles que sofrem de transtornos mentais, como demência. A sarna é muito contagiosa e pode causar sérias endemias em hospitais superlotados, asilos e asilos. Devido a sua mobilidade limitada e sua baixa autoconsciência, pacientes debilitantes em instituições mentais estão muito expostos a adquirir sarna durante surtos. Malpraxia, negligência e assistência médica atrasada durante endemia de sarna em instituições mentais permitem que a doença se espalhe entre pacientes internados e equipe médica.

Em muitos casos, pacientes com deficiência mental são diagnosticados com sarna muito tempo depois de desenvolverem complicações graves, dificultando ainda mais a tarefa de superar a doença. Atualmente, acredita-se que o mau monitoramento do paciente e a negligência médica sejam os principais fatores causadores de surtos de sarna em instituições mentais e asilos.

Nas últimas décadas, os cientistas realizaram vários estudos para determinar as causas exatas do aumento da incidência de sarna em pacientes hospitalizados com demência e outros transtornos mentais. Os resultados da pesquisa revelaram que a alta incidência de sarna em instituições mentais é causada apenas por fatores ambientais. Os estudos realizados não sugeriram nenhuma relação fisiológica entre pacientes com deficiência mental e a alta incidência de sarna nessa categoria de pessoas. Os cientistas concluíram que pessoas com transtornos mentais não apresentam riscos fisiológicos aumentados no desenvolvimento da sarna.

Corretora Allcross Doctor Clin Porto Alegre