O que acontece durante a cirurgia de marcapasso?

Indivíduos que precisam de um marcapasso artificial interno para regular seus batimentos cardíacos precisam passar por uma cirurgia de marcapasso para implantar o dispositivo no corpo. O procedimento é realizado sob anestesia local, embora os pacientes geralmente sejam hospitalizados durante a noite para monitoramento cuidadoso. Os pacientes recebem um sedativo suave para mantê-los calmos e relaxados, mas ficam acordados e alertas durante o procedimento.

Para inserir o marcapasso, o cirurgião faz uma incisão de cinco a cinco centímetros logo abaixo da clavícula do paciente. Um eletrodo é inserido em uma veia próxima e avança lentamente em direção ao coração. Um fluoroscópio é usado para orientar o médico à medida que ele avança no eletrodo, fornecendo a ele uma imagem detalhada do interior da veia. Uma vez que o chumbo entra no coração, ele é anexado ao tecido para que o seu posicionamento possa ser testado. Para testar o posicionamento, o cirurgião envia pequenos sinais elétricos pelo eletrodo e avalia a resposta do coração aos impulsos. Uma posição adequada é aquela que permite que toda a força do sinal chegue ao coração, sinalizando assim que o coração se contraia e bata. Pode ser necessário recolocar o eletrodo na veia várias vezes antes que uma posição ideal seja alcançada.

Allcross Amil Manaus