Quando uma dor pode ser uma emergência

Hapvida Olinda Jocross
– A dor no peito ou no coração deve ser sempre considerada uma emergência. Um médico deve ser consultado o mais rápido possível. 

– Dor incomum, em gravidade e duração. Além disso, é fora do normal que você já experimentou antes. 

– Sem alívio da dor com medicamentos sem receita ou um aumento notável no desconforto. 

– Tonturas ou distúrbios visuais. 

– irregularidades na fala. 

– Náuseas e / ou vômitos que não são aliviados com medicamentos sem prescrição médica em 4 horas. 

– Diarréia que não diminui em 8 horas ou mostra aumento de liquidez. 

– Sangue notável nas fezes. 

– Temperatura acima de 101,0 graus. 

– Sintomas que estão fora da norma, parecem ser crônicos e não aliviados e tornaram-se preocupantes. 

– Um resfriado, gripe ou problemas estomacais que parecem estar piorando, mesmo que você esteja descansando, fluidos e medicamentos sem receita. 

– Dor de garganta, mais dolorosa do que você já experimentou. Um perde a capacidade de falar por causa da laringite. 

– Escarro muito espesso e de cor estranha. Como cinza, amarelo ou verde ou sangue tingido. Escarro com odor. 

– Tosse crônica. 

– Qualquer lesão devido a acidente, quebra de osso, queimaduras, etc. Deve-se sempre procurar atendimento médico de emergência. 

– Aumento e contusões incomuns, descoloração da pele, lesões que não cicatrizam, caroços inexplicáveis. Quaisquer moles devem ser avaliadas por um médico. 

 

Espero que essas dicas o ajudem a decidir como tratar alguns problemas médicos simples e quando você deve realmente procurar ajuda do seu médico.